Downloads

Clique na imagem para baixar em alta qualidade.

Você nem sempre percebe o trabalho do farmacêutico. Mas ele está por trás de seu exame laboratorial, do controle da qualidade dos insumos, da pesquisa, do desenvolvimento e da produção de seus medicamentos, incluindo as vacinas, imunizantes tão sonhados agora, durante a pandemia da Covid-19. E em vacinação, os farmacêuticos participam também da aplicação das doses.

O farmacêutico está presente em todo o ciclo de sua saúde, da prevenção das doenças até o fim do tratamento. São dez grandes áreas de atuação e mais de 130 especialidades. Todas com um único objetivo: sua qualidade de vida e bem-estar.

Você já parou para pensar no farmacêutico e em toda a contribuição que ele traz a sua vida? O Conselho Federal de Farmácia (CFF), em comemoração ao Dia Internacional do Farmacêutico, 25 de setembro, escolheu mostrar a você o caminho para valorizar esse profissional indispensável.

Acompanhe-nos e vamos juntos entender o porquê de o farmacêutico ser sinônimo de cuidado à saúde!

#CFF #ValorizeOFarmacêutico#CuidadoParaQuemCuida #Farmácia#Farmacêutico

A intensificação da produção de vacinas contra a Covid-19 e de outros medicamentos e produtos para o suporte no atendimento aos pacientes é urgente. A corrida mundial pelos insumos e a transferência de tecnologia envolvem diretamente o farmacêutico.

Ele é um elemento-chave neste processo: é o único profissional que participa de todas as etapas da cadeia de produção de medicamentos, incluindo aquelas que asseguram a qualidade e a eficácia dos produtos.

Mesmo com tantas atribuições, o farmacêutico ainda não possui um piso salarial nacional estabelecido. Tramitam, na Câmara dos Deputados, os projetos de lei nº 1559/2021 e nº 2028/2021, propondo a instituição do piso salarial do farmacêutico em âmbito nacional, nos valores de R$ 6,5 mil e R$ 8,3 mil, respectivamente. O primeiro PL é resultado da articulação do Conselho Federal de Farmácia (CFF) com o deputado federal André Abdon. O segundo, foi apresentado pela deputada federal e farmacêutica, Alice Portugal.

O farmacêutico precisa da sua contribuição! Acesse os links abaixo e clique em “CONCORDO TOTALMENTE”, para ajudar a definir uma remuneração adequada às funções e atribuições profissionais dos farmacêuticos:

PL nº 1559/2021 – https://bit.ly/3xqtuuH
PL nº 2028/2021 – https://bit.ly/2Wi8sC7

#CFF #ValorizeOFarmacêutico#CuidadoParaQuemCuida #Farmácia#Farmacêutico

A responsabilidade técnica pela produção das vacinas é uma função privativa do farmacêutico. Ele é o profissional encarregado de inspecionar, investigar e acompanhar todas as etapas de fabricação destes e de outros medicamentos, monitorando o cumprimento das boas práticas de fabricação para identificar e eliminar fatores que possam afetar a qualidade dos produtos, com o propósito de garantir a documentação adequada e os registros do Sistema da Qualidade.

Se não houvesse a participação do farmacêutico, as vacinas contra a Covid-19 poderiam chegar aos brasileiros sem as especificações mínimas necessárias para garantir a sua segurança e eficácia.

Toda a responsabilidade desses profissionais deve ser assegurada com condições de trabalho adequadas. É um direito básico dos farmacêuticos a garantia de trabalho saudável que não gere adoecimento ou estresse, já que suas atividades interferem diretamente na saúde da população.

Valorize quem cuida de você!

#CFF #ValorizeOFarmacêutico#CuidadoParaQuemCuida #Farmácia #Farmacêutico

Com a promulgação da Lei 13.021/14, as farmácias foram autorizadas a dispor de soros e vacinas para atendimento imediato à população. A lei foi regulamentada por meio da RDC nº 197/2017, da Anvisa, e a atuação do farmacêutico nos serviços de vacinação, pela Resolução/CFF n° 654/2018.

A mudança na legislação e nas normas sanitárias e regulamentadoras do exercício profissional resultou em uma nova atribuição para o farmacêutico que atua em farmácias e drogarias: a de prestação dos serviços de vacinação. Em função da pandemia de Covid-19, por meio da RDC Anvisa nº 377/2020 foi acrescida a essa atribuição a realização de testes rápidos para a identificação da doença.

Por trabalhar diretamente com agentes nocivos à saúde, qualquer trabalhador que exerça algum tipo de atividade insalubre deve receber, além do salário normal, um adicional de acordo com o grau de insalubridade.

Esta é uma prerrogativa pela qual o Conselho Federal de Farmácia (CFF) luta constantemente no Legislativo. O seu apoio é fundamental para mostrar aos parlamentares que a atuação do farmacêutico deve ser reconhecida e ser remunerada de forma justa.

#CFF #ValorizeOFarmacêutico#CuidadoParaQuemCuida #Farmácia #Farmacêutico

As lutas pela igualdade de gênero são históricas, mas ainda existem longos caminhos a serem percorridos para garantir os direitos das mulheres. Em 2020, a conceituada revista The Lancet publicou o artigo “2020: a critical year for women, gender equity and health”, destacando a necessidade de orientação às profissionais da saúde sobre a igualdade de gênero.

Equidade significa crescer junto, tendo igualdade de oportunidades, direitos e deveres. Colocar o assunto em pauta é indispensável. As mulheres representam a maioria da categoria farmacêutica e merecem uniformidade nos salários e nas oportunidades de liderança no ambiente corporativo e na esfera pública.

É preciso garantir que todos os cidadãos tenham os mesmos direitos civis e políticos, independentemente de raça, condição social ou gênero. Valorize as farmacêuticas que estão, diariamente, na luta pela sua saúde!

#CFF #ValorizeOFarmacêutico#CuidadoParaQuemCuida #Farmácia#Farmacêutica

O desenvolvimento das vacinas e dos demais medicamentos precisa atender a altos padrões de qualidade, segurança e eficácia. O farmacêutico é parte fundamental de todas as etapas do processo que, devido a sua finalidade e natureza, é bastante complexo.

Uma vacina, por exemplo, precisa passar por vários estágios de desenvolvimento. O estágio inicial é restrito aos laboratórios, a partir da análise do agente causador da doença e, também, de várias moléculas para definição da melhor composição do produto. O imunizante é posteriormente testado em animais, para verificar a capacidade de indução da produção de anticorpos, e posteriormente, com dados preliminares de segurança e possível eficácia, é testado em humanos.

Desenvolvidas em diversas partes do mundo, as vacinas contra a Covid-19 tiveram seu uso autorizado no Brasil por farmacêuticos. E eles, que são os responsáveis pela linha de produção da Coronavac, envasada no Brasil, agora, estão trabalhando na pesquisa de imunizantes inteiramente brasileiros. Estudos estão em andamento no Instituto Butantan e nas universidades federais do Paraná (UFPR) e de Minas Gerais (UFMG), entre outros, o que gerará autonomia e economia ao País.

Com sua fundamental importância à saúde da população, o farmacêutico merece uma jornada de trabalho compatível com a grande responsabilidade que assume, sem redução de salário. Essa adequação irá possibilitar, aos profissionais, melhores condições de vida, aumento na produtividade e, consequentemente, progresso no atendimento à população.

#CFF #ValorizeOFarmacêutico#CuidadoParaQuemCuida #Farmácia #Farmacêutico

Várias etapas estão envolvidas entre o surgimento de uma nova doença e a produção de uma vacina. Além disso, cada imunizante é baseado em estudos e métodos distintos. Para obter o registro e a autorização de uso de um imunizante é necessário submetê-lo aos órgãos reguladores. No Brasil, a regulação está a cargo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), e são os farmacêuticos os responsáveis pela avaliação de toda a documentação apresentada pelos fabricantes para demonstrar a qualidade, a segurança e a eficácia dos imunizantes. Inseridos em equipes multiprofissionais de saúde, eles também atuam no monitoramento de eventos adversos às vacinas. Todas essas atividades foram amplamente expostas no último ano, com a pandemia da Covid-19. 

O farmacêutico é um profissional da saúde com amplo conhecimento em medicamentos. Sua autoridade técnica merece ser respeitada. Sua atuação está diretamente ligada à saúde da população. E, sem suas atividades, o cidadão fica desamparado em questões fundamentais para o êxito dos seus tratamentos.

#CFF #ValorizeOFarmacêutico #CuidadoParaQuemCuida #Farmácia #Farmacêutico

Tem sido estratégico o papel dos farmacêuticos na pandemia. Eles estão envolvidos na pesquisa de vacinas e de outros medicamentos; têm se desdobrado na indústria e na logística, para suprir os serviços de saúde; deram suporte ao funcionamento permanente das cerca de 90 mil farmácias, mesmo durante o isolamento social, e realizaram mais de 1,4 milhão de testes de Covid-19, nesses estabelecimentos, além de garantir os resultados de exames relacionados a essa doença nos laboratórios de análises clínicas, de apoiar o atendimento nos hospitais, de assegurar a qualidade da assistência à saúde, por meio da fiscalização em vigilância sanitária, e de serem aliados na vacinação.

Garantir condições adequadas ao trabalho, com o fornecimento de equipamentos de proteção individual (EPIs), protege o farmacêutico e a população. Os EPIs reduzem a transmissão de doenças, previnem a circulação dos agentes infecciosos e minimizam o impacto direto sobre a saúde dos trabalhadores e de suas famílias.

Valorize quem cuida de você e reivindique condições mínimas para que os farmacêuticos possam continuar prestando serviços com qualidade à população!

#CFF #ValorizeOFarmacêutico #CuidadoParaQuemCuida #Farmácia #Farmacêutico

Uma das mais importantes áreas de atuação do farmacêutico são as análises clínicas. O profissional atua na realização de exames laboratoriais e toxicológicos, em pesquisa e extensão na área, no gerenciamento de laboratórios, no planejamento e gestão em serviços farmacêuticos, na garantia da qualidade em laboratórios clínicos e na citopatologia.

Nos últimos meses, com a pandemia da Covid-19, seu trabalho foi notoriamente divulgado. No laboratório de análises clínicas, o farmacêutico é o responsável pela comprovação etiológica dos vírus, como também contribui para o monitoramento da Covid-19 e para a determinação do seu prognóstico. Os farmacêuticos fornecem subsídios que permitem confirmar ou rejeitar um diagnóstico, traçar diretrizes de conduta para o monitoramento clínico do paciente, estabelecer um prognóstico e monitorar a terapia.

Com atribuições tão fundamentais à saúde da população, o farmacêutico merece uma remuneração justa. Valorize quem cuida de você e reivindique condições mínimas para que os farmacêuticos possam continuar prestando serviços com qualidade à população!

#CFF #ValorizeOFarmacêutico #CuidadoParaQuemCuida #Farmácia #Farmacêutico