[tdc_zone type=”tdc_content”][vc_row][vc_column][tdb_title title_color=”#ffffff”][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width=”1/4″][vc_single_image media_size_image_height=”300″ media_size_image_width=”300″ image=”500″ height=”250″ width=”250″][/vc_column][vc_column width=”3/4″][td_block_text_with_title post_color=”#ffffff”]

Compromisso com a saúde e qualidade de vida da população brasileira

O Conselho Federal de Farmácia (CFF) apoia o ensino presencial e considera que as atividades práticas nos cursos da área biológica ou da saúde devam priorizar o desenvolvimento de habilidades práticas que comporão as competências técnicas do profissional, algo que não pode ser realizado com as ferramentas disponíveis do ensino a distância.

São atividades que não podem prescindir de ensinamentos práticos, da atividade presencial nos laboratórios, nos serviços de saúde, entre outros, que atualmente são exigidos pelas respectivas bases curriculares.

Para esses, a estratégia de transmissão de conhecimentos deve ser presencial, ficando o ensino a distância restrito aos cursos em que somente a teoria seja suficiente para a formação.

Graduação em Saúde exige prática. E prática não se aprende a distância!

[/td_block_text_with_title][/vc_column][/vc_row][/tdc_zone]