Piso salarial nacional

A intensificação da produção de vacinas contra a Covid-19 e de outros medicamentos e produtos para o suporte no atendimento aos pacientes é urgente. A corrida mundial pelos insumos e a transferência de tecnologia envolvem diretamente o farmacêutico.

Ele é um elemento-chave neste processo: é o único profissional que participa de todas as etapas da cadeia de produção de medicamentos, incluindo aquelas que asseguram a qualidade e a eficácia dos produtos.

Mesmo com tantas atribuições, o farmacêutico ainda não possui um piso salarial nacional estabelecido. Tramitam, na Câmara dos Deputados, os projetos de lei nº 1559/2021 e nº 2028/2021, propondo a instituição do piso salarial do farmacêutico em âmbito nacional, nos valores de R$ 6,5 mil e R$ 8,3 mil, respectivamente. O primeiro PL é resultado da articulação do Conselho Federal de Farmácia (CFF) com o deputado federal André Abdon. O segundo, foi apresentado pela deputada federal e farmacêutica, Alice Portugal.

O farmacêutico precisa da sua contribuição! Acesse os links abaixo e clique em “CONCORDO TOTALMENTE”, para ajudar a definir uma remuneração adequada às funções e atribuições profissionais dos farmacêuticos:

PL nº 1559/2021 – https://bit.ly/3xqtuuH
PL nº 2028/2021 – https://bit.ly/2Wi8sC7

#CFF #ValorizeOFarmacêutico#CuidadoParaQuemCuida #Farmácia#Farmacêutico